Economia

CNI: queda do faturamento em julho foi a pior desde 2007

Da Redação ·
A queda do faturamento real da indústria de junho para julho (-2,4%) foi a pior para o mês desde 2007, quando recuou 2,9%. Desde então, nos meses de julho, o faturamento real apenas havia registrado recuo em 2009, quando caiu 0,8%. Os dados, divulgados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), são dessazonalizados. Apenas este ano, o faturamento real da indústria já registrou queda em quatro meses, na margem: em janeiro (-1,6%), abril (-0,9%), maio (-0,1%) e agora em julho (-2,4%). Este foi o pior tombo desde março do ano passado, quando o recuo foi de 5,7% sobre fevereiro. Já na comparação de julho com o mesmo mês do ano anterior, a alta de 5,5% do faturamento real foi a melhor para o mês desde 2010, quando subiu 9,1%. Ao longo de 2012, apenas em fevereiro houve uma perda de faturamento nessa base de comparação, de 2,0%. Em maio, foi quando o crescimento desse indicador mais se destacou, ao registrar uma alta de 5,9%. No acumulado do ano até julho, o faturamento subiu 3,4%. É o pior resultado dos primeiros sete meses de um ano desde 2009, quando o acumulado estava negativo em 8,5%. No mesmo período de 2010, a alta foi de 11,3% e, do ano passado, de 5,4%.
continua após publicidade