Economia

Produção da Opep cresce pela primeira vez em três meses

Da Redação ·
A produção dos membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) subiu pela primeira vez em três meses em agosto, estimulada pela produção mais alta no Iraque e nos países da África ocidental, assim como uma leve elevação na produção no Irã, segundo pesquisa realizada pela Dow Jones. A produção de petróleo pelos integrantes da Opep foi, em média, de 31,835 milhões de barris por dia em agosto, 390 mil barris diários acima da média de julho, de acordo com dados coletados com fontes da indústria e analistas. O Iraque registrou o maior aumento de produção no mês, com 210 mil barris a mais por dia, superando o limiar de 3 milhões de barris diários em agosto e continuou a superar a produção do Irã. Porém, segundo a empresa de consultoria e pesquisa JBC Energy GmbH, esta alta na produção pode não durar muito em razão das disputas sobre pagamentos entre Bagdá e o governo regional do Curdistão. As exportações de cerca de 100 mil barris de petróleo por dia foram interrompidas durante a maior parte do primeiro semestre, algo que pode afetar novamente a produção nos próximos meses. A produção iraniana também registrou um leve salto em agosto, apesar das sanções contra o país, dentre elas um embargo total da União Europeia ao produto proveniente do Irã, que passou a valer em 1º de julho. Após meses de queda, durante os quais a produção atingiu seu nível mais baixo em mais de 20 anos no mês passado, a produção do Irã subiu em 50 mil barris por dia em agosto, na medida em que os compradores asiáticos encontraram formas de evitar as restrições ao petróleo iraniano. As informações são da Dow Jones.
continua após publicidade