Economia

Espanha aguarda oferta detalhada de ajuda do BCE

Da Redação ·
A Espanha ainda está esperando uma oferta detalhada de ajuda do Banco Central Europeu (BCE) e não tomará qualquer decisão sobre um possível pedido de mais assistência antes de conhecer quais serão as condições para isso, afirmou o ministro de Finanças espanhol, Luis de Guindos. "Não está claro como uma intervenção do BCE será realizada e não está claro quais condições serão exigidas em troca disso", disse Guindos durante entrevista a uma rede de rádio. O ministro acrescentou que acredita que os "parceiros europeus" não pedirão mais ao país com relação às metas de déficit orçamentário e reformas econômicas, tendo em vista os compromissos adicionais recentes anunciados pelo governo espanhol. A Espanha já obteve 100 bilhões de euros (US$ 126 bilhões) em ajuda da União Europeia para o setor bancário do país em troca de mais medidas de austeridade, mas o governo tem alertado que os atuais altos custos de financiamento são insustentáveis no longo prazo e pediu que o BCE e outras instituições ajudem a reduzir o yield (retorno ao investidor) dos bônus do país. As informações são da Dow Jones.
continua após publicidade