Economia

Mantega diz que previsão do PIB pode mudar e cita alta de 3,8% a 4%

Da Redação ·
Mantega diz que previsão do PIB pode mudar e cita alta de 3,8% a 4%
fonte: Arquivo
Mantega diz que previsão do PIB pode mudar e cita alta de 3,8% a 4%

O crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil será revisado para baixo caso haja o agravamento da crise externa, cujo epicentro está na zona do euro, disse nesta sexta-feira (23) o ministro da Fazenda, Guido Mantega. "O Brasil vai crescer 3,8%, 4%", disse Mantega, que participa de conferência promovida pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, em Washington.

continua após publicidade

A gente só muda a previsão depois que tem certeza de que o crescimento que nós projetamos não vai ser atingido. Estamos trabalhando com 4% no nosso relatório, e a cada dois meses temos que fazer a revisão", disse.

continua após publicidade

Continuamos perseguindo os 4% para este ano. Mas repito, vivemos momento de incerteza, onde as coisas podem mudar. Então, se houver agravamento do quadro internacional, então vamos rever nossas previsões".

No começo deste mês, Mantega já havia afirmado acreditar que a economia brasileira estava "caminhando" para terminar 2011 com um crescimento mais próximo de 4% que de 4,5%, como projeta o Ministério.

"A impressão é que deveremos ter um crescimento em 2011 mais para 4% do que 4,5%", disse ele, durante entrevista concedida em São Paulo para comentar os números do PIB referentes ao segundo trimestre, divulgados no dia 2 de setembro pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).