Economia

Emprego em região de Belo Monte cresceu 150% neste ano

Da Redação ·
 Local onde estão sendo construídos acampamentos para abrigar trabalhadores da usina
fonte: Mariana Oliveira / G1
Local onde estão sendo construídos acampamentos para abrigar trabalhadores da usina

A geração de emprego com carteira assinada na região da futura usina hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, aumentou 150% nos primeiros sete meses deste ano na comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com informações da unidade de Altamira (PA) do  Sistema Nacional de Emprego (Sine) , espécie de agência pública de emprego do Ministério do Trabalho.

continua após publicidade

Entre janeiro e julho deste ano, foram contratados por meio do Sine de Altamira 1.252 trabalhadores, contra 493 do mesmo período de 2010.

O G1 esteve em Altamira, cidade-sede da obra da usina, nos dia 26, 27 e 28 de julho e publica até domingo (28) uma série de reportagens sobre a construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte. O G1 acompanhou equipe do Jornal Nacional na cidade. Veja no vídeo a segunda reportagem do JN sobre a usina, exibida na noite de quinta (25).

continua após publicidade

A obra de Belo Monte é a maior em andamento no Brasil. A usina será a segunda do país em capacidade de geração de energia, atrás apenas da binacional Itaipu. O governo diz que Belo Monte é essencial para suprir a demanda energética do país em razão do crescimento econômico.

Mas entidades e movimentos sociais afirmam que os impactos socioambientais são prejudiciais para o Brasil. A primeira reportagem da série do G1 sobre a usina abordou o desmatamento em razão da obra, e a segunda mostrou a opinião da comunidade indígena que será atingida.

Trabalhadores
A sede do Sine em Altamira, principal cidade da região, atende também aos municípios de Anapu, Brasil Novo, Senador José Porfírio e Vitória do Xingu, que têm entre 10 mil e 20 mil habitantes cada e também serão impactadas pela obra. Vitória do Xingu, por exemplo, terá terras alagadas pelo reservatório da hidrelétrica.

continua após publicidade

Dos empregados neste ano, cerca de 40% trabalham desde maio para o Consórcio Construtor Belo Monte (CCBM), empresa contratada pela Norte Energia para executar a obra. A CCBM é formada por Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa e Norberto Odebrecht, além de algumas outras empresas menores.

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego sobre a cidade de Altamira corroboram as informações do Sine (na região, somente os dados de Altamira são contabilizados porque o governo só controla as informações de emprego nas cidades com mais de 30 mil habitantes).

De acordo com o Caged, entre janeiro e julho de 2011, a geração de vagas subiu quase 20% sendo que, na área de construção civil, o percentual de empregados com carteira assinada subiu 270%.

De acordo com a coordenadora do Sine em Altamira, Elcirene Silva de Sousa, a alta na geração de vagas não tem outra explicação senão a usina de Belo Monte.