Economia

Bolsas da Europa têm fortes baixas

Da Redação ·

As praças acionárias da Europa verificam queda acompanhando as perdas registradas na Ásia.

continua após publicidade

Os investidores voltam a dar espaço para as inquietações com o quadro econômico internacional e para a crise da dívida.

Em entrevista a uma rádio da França, a representante da agência S&P naquele país confirmou que a nota 'AAA' e perspectiva estável. Muitos investidores temiam que o país perdesse a nota máxima de crédito em meio aos problemas da dívida na zona do euro.

continua após publicidade

Por volta das 10h, em Londres, o FTSE 100 declinava 2,54%, para 5.196,09 pontos. O CAC 40, de Paris, diminuía 2,79%, somando 3.163,57 pontos. Em Frankfurt, o DAX registrava baixa de 3,90%, aos 5.716,83 pontos.

O indicador Ibex 35, de Madri, recuava 3,58%, ficando em 8.415,50 pontos. Em Milão, o FTSE MIB tinha desvalorização de 4,12%, para 15.293,70 pontos.

Entre os papéis com queda, estavam os do Barckays, Lloyds, Xstrata, Société Générale, Peugeot, Commerzbank, Volkswagen, ThysenKrupp e Deutsche Bank.