Cotidiano

WhatsApp terá mudanças, mas somente após as eleições

O aplicativo irá aumentar o limite de grupos para até 512 pessoas, liberará reações às mensagens e o envio de arquivos com até 2 GB

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia WhatsApp terá mudanças, mas somente após as eleições
fonte: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp deve passar por algumas atualizações que trarão maiores benefícios aos usuários, como o aumento do limite de pessoas em grupos, que passará a ser 512, reações às mensagens e o envio de arquivos de até 2 GB. A informação foi divulgada na quinta-feira (5). 

continua após publicidade

O aplicativo já disponibilizou a ferramenta de reação às mensagens e o envio de arquivos de até 2 GB para os usuários que utilizam a versão mais recente do software. Já a ampliação de 256 para 512 o limite de participantes de grupos só deve ser liberado no Brasil após as eleições, que ocorre em outubro deste ano. 

De acordo com o WhatsApp, o novo limite para grupos será implementado posteriormente no Brasil devido à sua estratégia de longo prazo para o país.

continua após publicidade

Em fevereiro, o aplicativo firmou um acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para combater a desinformação durante o processo eleitoral de 2022. O serviço se comprometeu a não realizar nenhuma mudança significativa de produto no país antes das eleições.

Anunciado em abril, o WhatsApp Comunidades, recurso que agrega diferentes grupos em um espaço compartilhado para administradores alcançarem milhares de pessoas de uma só vez, também chegará ao país somente após as eleições.