Cotidiano

Virada ODS tem atrações até domingo em São Paulo

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O branco do Pavilhão da Bienal no Parque Ibirapuera, na zona sul de São Paulo, ganhou as cores dos 17 objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS) nesta sexta-feira, 8, quando teve início a Virada ODS. O evento, que se espalha por outras regiões da cidade e vai até domingo, 10, convida os visitantes a virar a chave para um futuro mais resiliente e saudável.

continua após publicidade

Enquanto no primeiro andar autoridades nacionais e internacionais discursavam sobre a Agenda 2030 - composta pelos ODS, a criançada se divertia e, ao mesmo tempo, se conscientizava no segundo pavimento. Com experiências sensoriais que simulam a crise do meio ambiente e dilemas do nosso tempo, o Festival Green Nation recebeu nesta sexta alunos de escolas da capital.

Em seu discurso na abertura da virada, a secretaria municipal de Relações Internacionais, Marta Suplicy, destacou que "o amanhã depende de nós". E que atingir os objetivos significa a "preservação de vidas dignas". "O que conta mesmo é cada vida", afirmou.

continua após publicidade

O prefeito Ricardo Nunes (MDB) assinou uma declaração de comprometimento com a "Década de Ação", iniciada em 2020, em busca dos objetivos de desenvolvimento sustentável. Além de explicar que, por mais que São Paulo carregue a alcunha de "cidade de pedra", a capital está alicerçada em três pilares: sustentabilidade, desenvolvimento econômico e social, com foco nos mais vulneráveis.

Já o governador Rodrigo Garcia (PSDB) defendeu que o desenvolvimento sustentável só se torna "política de estado" quando a população se apropriar do tema.

A programação completa, em cada localidade, está disponível no site oficial da Virada: https://viradaodssp.sp.gov.br/