Cotidiano

Vídeo: casal encontra larvas dentro de Kinder Ovo

A empresa informou que o produto foi fabricado na Argentina e o caso não tem ligação com o recall por suspeita de salmonela realizado em outros países

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Vídeo: casal encontra larvas dentro de Kinder Ovo
fonte: Ricardo Romanha/Arquivo pessoal

Um casal teve uma surpresa desagradável ao encontrar larvas dentro de um Kinder Ovo, no domingo de Páscoa, no último dia 17, em Itapetininga, São Paulo. O casal fez um registro e enviou ao G1. 

continua após publicidade

Nas imagens, é possível ver uma larva na borda do ovo de chocolate. A empresa informou que o produto foi fabricado na Argentina e o caso não tem ligação com o recall por suspeita de salmonela realizado em outros países. 

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Correio Braziliense (@correio.braziliense)

continua após publicidade

No último dia 14, a Anvisa proibiu a venda e importação de chocolates Kinder fabricados na Bélgica, por suspeita de contaminação dos produtos pela bactéria Salmonella typhimurium na Europa.

O ovo de chocolate havia sido um presente de Páscoa que o estudante de engenharia Ricardo Romanha de Oliveira recebeu da namorada. Segundo rapaz, o produto foi adquirido em uma loja localizada no shopping de Itapetininga, na quarta-feira (13). 

"Dividimos o chocolate. Metade eu entreguei para a minha namorada e fiquei com a outra. Quando eu coloquei aquilo na boca, vi as larvas se mexendo na outra parte e joguei o chocolate no chão. Minha namorada também já estava mastigando. Foi nojento. Uma sensação horrível", lembrou o estudante.

continua após publicidade

Segundo ele, depois de consumir parte do chocolate, eles sentiram dores abdominais e enjoos.

Por conta do transtorno, o casal decidiu guardar o produto para pedir o reembolso na loja na tarde desta segunda-feira (18). Além disso, Ricardo disse que pretende comunicar a empresa fabricante sobre o ocorrido.

Nota da Kinder

continua após publicidade

Em nota, a marca Kinder disse que tomou conhecimento do caso e que não recebeu queixa do consumidor via SAC. A empresa informou que está em contato com o cliente para entender a situação e que os produtos da marca "são fabricados com os mais rígidos controles de qualidade existentes".

A nota reforça ainda que a proibição da Anvisa "refere-se exclusivamente aos produtos Kinder fabricados em Arlon, na Bélgica, e que estes não são distribuídos pela Ferrero no Brasil".

Segundo a empresa, os chocolates vendidos pela Ferrero do Brasil no país são seguros para consumo, e os moradores que tiverem problemas podem entrar em contato pelos canais de atendimento: telefone 0800-701-6595 e sacbrasil@ferrero.com.

As informações são do g1.