Cotidiano

Veja: Macaco ataca criança e a arrasta pelo cabelo na China

A mãe da criança estava dentro da residência cozinhando, enquanto a menina brincava com um patinete

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Veja: Macaco ataca criança e a arrasta pelo cabelo na China
fonte: Reprodução

Na última terça-feira (19), uma câmera de segurança flagrou um macaco atacando e arrastando pelos cabelos uma criança que brincava, no município de Chongqing, da China. O vídeo compartilhado nas redes sociais deixou os internautas assustados.

continua após publicidade

Conforme informações do jornal americano New York post, a menina, que não foi identificada, sofreu arranhões no rosto e na cabeça, antes de ser resgatada do ataque violento.

As imagens mostram o macaco se aproximando da criança pequena que brincava de patinete na rua quando, de repente, a joga no chão com um golpe e tenta arrastá-la para longe. A criança foi salva por um homem que viu o incidente e correu para resgatar a garota das garras do animal antes que ele pudesse levá-la. Assista:

continua após publicidade

 null - Vídeo por: Reprodução   

De acordo com a chinesa identificada como Liu, mãe da menina, citada pelo New York Post, o ataque do macaco aconteceu enquanto ela estava cozinhando no interior da residência. Ela só ficou sabendo do ataque pelos vizinhos, antes de descobrir as cenas dramáticas no vídeo do circuito interno de TV. A mãe imediatamente relatou o incidente às autoridades locais, que confirmaram que a menina receberia cuidados adicionais em um hospital, incluindo vacinação contra raiva, revela o jornal americano.

De acordo com relatos de vizinhos, o macaco chegou pela primeira vez na aldeia em maio do ano passado e já era conhecido pela polícia por ter atacado aposentados em várias ocasiões. As autoridades locais dizem que o pequeno animal habita as montanhas próximas e, ocasionalmente, chega à área residencial para causar estragos. Mas, apesar das inúmeras tentativas de capturar o símio, os esforços dos policiais chineses busca permanecem infrutíferos.

continua após publicidade

Segundo o New York Post, o departamento florestal local afirma que os ataques de macacos selvagens são incidentes esporádicos e já estão sendo tomadas medidas para evitar que ataquem humanos novamente.


Fonte: Metrópoles.