Cotidiano

Variante causa 'bastante preocupação', diz gerente de centro europeu de prevenção

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

A gerente de Resposta a Emergências do Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças (ECDC, na sigla em inglês) da União Europeia, Pasi Penttinen, demonstrou temor com a nova variante da covid-19 detectada na África do Sul. Durante entrevista à emissora americana CNBC, o especialista considerou nesta segunda-feira que estão presentes nessa variante "um grupo bastante preocupante de mutações, especialmente na proteína spike, que é necessária para suas propriedades de transmissão, bem como para a proteção contra as vacinas".

continua após publicidade

Penttinen disse que, a partir das informações genéticas disponíveis, "estamos bastante preocupados". Segundo ele, as informações epidemiológicas, como o ritmo da transmissão, ainda são bastante incertas, mas a UE monitora a situação. Ele elogiou a postura da África do Sul, segundo a autoridade bastante transparente sobre o assunto até o momento.

Conforme a autoridade europeia, a nova cepa poderia de fato contornar a imunidade conferida por infecções anteriores e também pelas vacinas. "Há várias preocupações" com a nova cepa, notou.

continua após publicidade

Para Penttinen, porém, a maior preocupação agora na Europa é a disseminação da variante Delta da covid-19, de longe a mais presente no continente. Ele lembrou que os imunizantes atuais são bastante eficazes contra essa cepa.