Cotidiano

'Vamos controlar pandemia com vacinação e novos hábitos', diz Pazuello

Da Redação ·

Menos de 24 horas depois de o País registrar o número recorde de 2.798 mortos pela covid-19 em apenas um dia, o ministro da saúde, Eduardo Pazuello, responsabilizou as novas variantes do Sars-Cov-2 pelo descontrole da epidemia no País. Segundo o ministro, as novas variantes são mais contagiosas, o que estaria causando o aumento da mortalidade da doença.

continua após publicidade

O ainda ministro da Saúde e o médico Marcelo Queiroga, indicado para assumir a pasta, receberam, nesta quarta-feira, 17, as primeiras doses da vacina da Fiocruz fabricadas em Bio-Manguinhos. O lote tem 500 mil doses.

"O coronavírus veio para ficar, vamos controlar a pandemia com vacinação e novos hábitos", afirmou Pazuello, em pronunciamento. "Nós mudaremos hábitos, vamos usar máscara, lavar as mãos, manter um grau de afastamento social. É necessário compreender isso. (O combate à pandemia) começa na conscientização de cada um, não na imposição do gestor. Cada brasileiro deve se conscientizar de seu papel."

continua após publicidade

Para o ministro, tais medidas preventivas devem ser suficientes para "evitar um grande número de mortos e continuar a vida na maior normalidade possível". "Vamos trabalhar, estudar, ensinar, treinar tropas, produzir, viver normalmente com cuidados preventivos. Essa é a nossa missão", afirmou.