Cotidiano

Vacina da Moderna deve oferecer proteção por 'alguns anos', segundo CEO

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Vacina da Moderna deve oferecer proteção por 'alguns anos', segundo CEO
fonte: Paul Sancya/Reuters
Vacina da Moderna deve oferecer proteção por 'alguns anos', segundo CEO

Nesta quinta-feira (7), o presidente-executivo da farmacêutica Moderna disse que o imunizante desenvolvido pela empresa deve oferecer proteção contra a Covid-19 por alguns anos, embora mais dados ainda sejam necessários para fazer uma validação definitiva. 

continua após publicidade

Levando em consideração que a produção de imunizantes e a farmacovigilância geralmente requerem anos, o tempo de proteção das vacinas contra o novo coronavírus é uma questão persistente para cientistas e reguladores.

Nesta quarta-feira (6), a Comissão Europeia aprovou a vacina da Moderna, imunizante que surpreendeu o mundo no ano passado após ser feita em apenas algumas semanas. 

continua após publicidade

"O cenário de pesadelo que foi descrito na mídia na primavera com as vacinas funcionando apenas por um ou dois meses está, eu acredito, fora de questão", disse o CEO da Moderna, Stephane Bancel, em um evento organizado pelo grupo de serviços financeiros Oddo BHF.

"A queda na quantidade de anticorpos gerados pela vacina em humanos diminui muito lentamente (...) Acreditamos que haverá proteção potencialmente por alguns anos."

O presidente-executivo destacou que a farmacêutica está prestes a provar que sua vacina também é eficaz contra os variantes da Covid-19.

Os cientistas afirmam que as vacinas recém-desenvolvidas devem ser igualmente eficazes contra ambas as variantes.