Cotidiano

Um dia após eleito no Rio, Paes apresenta dez metas para combate à pandemia

Da Redação ·

No primeiro dia após a vitória, o prefeito eleito do Rio, Eduardo Paes (DEM), anunciou dez metas para lidar com a pandemia a partir de janeiro. O pronunciamento foi feito por ele em parceria com o futuro secretário de Saúde, o médico Daniel Soranz.

continua após publicidade

Eles evitaram falar em possíveis medidas restritivas, alegando que ainda não têm dados para isso. Paes, contudo, já afirmou que não considera fazer uma espécie de lockdown. As metas incluem a abertura de leitos em hospitais da rede e a realização de 450 mil testes. São elas:

- Garantir testagem fácil e rápida

continua após publicidade

- Transparência na ocupação de leitos por unidade

- Abrir 100 leitos no Hospital Ronaldo Gazolla

- Abastecer unidades com medicamentos

continua após publicidade

- Rastreamento por telefone dos pacientes diagnosticados

- Parcerias com as universidade para rastreamento sorologico

- Investir no suporte social às famílias que perderam renda

continua após publicidade

- Retomar cirurgias e exames eletivos

- Preparar a rede para a vacinação

- Investir na saúde mental para tratar casos de ansiedade e depressão resultantes da pandemia

"No auge da pandemia, 1.200 pessoas morreram sem acesso a um leito adequado", apontou Soranz, que também destacou a importância de suprir a falta de insumos e recursos humanos.

Paes foi eleito neste domingo com 64% dos votos válidos, contra 36% de Marcelo Crivella (Republicanos). Ele voltará à prefeitura após quatro anos - ocupou o Executivo entre 2009 e 2016.