Cotidiano

UE aprova aumento de meta para uso de energia renovável até 2030, de 32% a 40%

Gabriel Caldeira (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O ministro de Economia da Alemanha, Robert Habeck, informou que o Conselho de Energia da União Europeia (UE) aprovou o aumento da meta para o uso de fontes renováveis de energia até 2030, de 32% a 40%. Além disso, a expansão de energia renovável agora é classificada como uma "questão de primordial interesse público" no bloco, disse, segundo comentários transcritos no site do ministério alemão.

continua após publicidade

"Desta forma, a Europa está unida no seu compromisso com uma maior eficiência energética e mais rapidez na expansão das energias renováveis. Ambas as decisões são fundamentais para tornar a UE menos dependente dos combustíveis fósseis e promover a proteção do clima", afirmou Habeck, após a reunião do Conselho de Energia.

Os ministros de Energia da UE também concordaram em aumentar os volumes de energia economizados no bloco. Até 2030, deverá haver redução de 9% no consumo "primário e final" de energia em toda a UE, informou o comunicado. Caso algum dos países membros não cumprir o que foi estabelecido, será obrigado a arcar com outros objetivos climáticos.