TV por assinatura segue em queda livre em número de assinantes - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Tecnologia

TV por assinatura segue em queda livre em número de assinantes

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O número de assinantes de TV por assinatura no Brasil não para de cair. Ao menos, é o que indica o Melhor Escolha, comparador de planos, de acordo com dados do Panorama Setorial de Telecomunicações divulgado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), em maio de 2020, com dados do primeiro trimestre do ano. O setor, que já estava em queda, perdeu mais 1,9 milhão de assinantes dentro de apenas um ano. 

Dos serviços avaliados pela Anatel neste primeiro relatório sobre o setor de telecomunicações, a TV por assinatura é a que mais vem perdendo espaço desde que o panorama começou a ser feito. Segundo a Anatel, o melhor ano do setor nesta década foi 2014, quando o número de assinantes bateu os 20 milhões. A queda em relação ao ano de 2019 foi de 10,9% e somou, timidamente, 15,4 milhões de usuários em todo o Brasil. 

O principal vilão da TV paga é o crescimento exponencial de serviços de streamings que, em relação aos valores cobrados pelos pacotes de TV pelas operadoras, são muito mais baratos de se adquirir e, além disso, dá um poder maior de escolha para os usuários, uma vez que é o próprio que escolhe o que vai assistir. Mesmo com a pandemia do novo coronavírus, e consequentemente, com as pessoas tendo que respeitar a quarentena e ficar dentro de casas, a queda da TV permaneceu - enquanto que o setor de streamings não para de crescer. 

Outro fator que justifica a queda do número de assinantes da TV por assinatura é a crise econômica que já vinha se agravando nos últimos anos e explodiu com maior intensidade por conta da pandemia, o que forçou uma readequação do estilo de vida dos brasileiros que se viram obrigados a escolher entre uma plataforma de streamings e meios ilegais, como o IPTV, ou deixar de consumir o conteúdo pago. 

Líder no setor de planos de TV por assinatura, a Claro TV foi a operadora que mais sofreu perdas de assinantes dentro do período avaliado pela Anatel, foram cerca de 58,5 mil clientes a menos em relação ao mesmo período do ano passado. A SKY TV também fechou o primeiro trimestre de 2020 com uma queda de quase 30 mil clientes. 

A Vivo TV perdeu 11 mil assinantes e a Oi TV, que assim como a operadora vem passando por diversas dificuldades, foi a única que teve uma leve alta no índice de assinantes, chegando a 8,2 mil. 

Embora os serviços de streamings que atuam no Brasil, como Amazon Prime, HBO Go, Paramount +, Telecine, entre outros, não disponibilizam os dados de assinaturas mensais que recebem em suas respectivas plataformas, a Netflix divulgou que, apenas no primeiro trimestre de 2020, sua base de assinantes cresceu em 15 milhões no mundo inteiro, algo que nem a empresa esperava, tanto que colocou o boom na conta da pandemia. 

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "TV por assinatura segue em queda livre em número de assinantes"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.