Cotidiano

Tempo mudará a partir de quinta-feira devido à chegada de frente fria

A onda de frio fará com que as temperaturas se aproximem de zero e traz a chance de neve ou chuva congelada para algumas regiões

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
O tempo começa a mudar a região Sul do Brasil a partir de quinta-feira (28)
fonte: Pixabay
O tempo começa a mudar a região Sul do Brasil a partir de quinta-feira (28)

O tempo deve mudar a partir de quinta-feira (28) na região Sul do Brasil, por conta da chegada de uma frente fria. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a onda de frio fará com que as temperaturas se aproximem de zero e traz a possibilidade de neve ou chuva congelada. 

continua após publicidade

Alguns setores do país tiveram o mês de julho com valores acima da média, algo fora do normal. Conforme o Inmet, isso se deve a um bloqueio atmosférico de alta pressão, que favoreceu o tempo seco e manteve as temperaturas intensas.

No entanto, a frente fria deve romper esse bloqueio, acarretando em uma mudança climática. No Rio Grande do Sul, existem cidades que podem apresentar variação de 21ºC em menos de 48h. A onda de frio intenso também vai atingir o Sudeste do Brasil. 

continua após publicidade

Mamedes Luiz Mello, meteorologista do Inmet, concedeu uma entrevista ao UOL e explicou que massas de ar polar como essa são comuns neste período do ano. 

"Estamos em período de inverno. O que seria anormal era se o tempo ficasse sempre quente. Já estamos em um padrão com média mais quente do que outros invernos."

O frio deve chegar a quais regiões?

continua após publicidade

O Sul do Brasil será a primeira área a ser atingida pela massa de ar polar. O fenômeno irá avançar para outras regiões, como São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Goiás e Mato Grosso. 

Temperaturas previstas para o fim de semana

A queda das temperaturas será mais evidente no fim de semana. No sábado, a temperatura mínima prevista para Florianópolis é de 8ºC e a máxima de 20ºC; em Curitiba, os termômetros devem variar entre 7ºC e 18ºC. 

continua após publicidade

Em Campo Grande, a mínima do sábado deve ser de 12ºC e a amplitude térmica é grande, com máximas no mesmo dia podendo chegar aos 27ºC. Na cidade de São Paulo, a mínima prevista na sexta-feira (29) é de 15ºC e no sábado é de 10ºC.

Em Santa Catarina e nas regiões sul e oeste do Paraná, os sistemas de meteorologia também preveem uma ventania com rajadas de entre 50km/h e 70km/h na quinta-feira (21).

continua após publicidade

Segundo o especialista do Inmet, municípios das Serras gaúcha e catarinense devem sofrer as maiores quedas de temperatura entre a sexta-feira (29) e o sábado (30). Em Bom Jesus (SC), por exemplo, os termômetros têm previsão de máxima de 27ºC na quinta-feira e mínima de 6ºC na sexta-feira, mais de 20ºC de diferença.

Municípios como Lages (SC), São Francisco de Paula e São José dos Ausentes (RS) devem ter as menores temperaturas do país durante a onda de frio. "Nessas áreas, há condições das temperaturas chegarem até os dois graus, eu arriscaria até falar que em torno de zero graus entre sexta e sábado", diz o meteorologista do Inmet.

Segundo o Climatempo, apesar de haver divergência entre os modelos meteorológicos, há chances de neve ou chuva congelada serem registradas no sábado (29) na região de serra de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, ainda que sejam pequenas.

A onda fria não deve durar muito tempo, porém, a expectativa é de que a partir do domingo (31) as temperaturas voltem a subir no país. 

A expectativa, segundo a especialista do Climatempo, é de que o calor volte às regiões a partir da próxima sexta-feira.

Com informações do UOL.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News