Cotidiano

Susto: criança de 1 ano sobrevive a picada de cobra jararaca

O menino foi picado pela cobra quando brincava no quintal da casa de sua avó

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Susto: criança de 1 ano sobrevive a picada de cobra jararaca
fonte: Reprodução/NSC
Susto: criança de 1 ano sobrevive a picada de cobra jararaca

Uma criança de 1 ano sobreviveu a uma picada de um filhote de jararaca em Blumenau, Santa Catarina. O caso aconteceu na última segunda-feira (13), quando o menino estava brincando no quintal da casa da avó. 

continua após publicidade

De acordo com a família, o bebê estava correndo atrás de uma bola e, de repente, começou a gritar e chorar. Um vizinho encontrou uma cobra perto da criança. Ele a matou e a colocou no interior de um recipiente e a família levou o animal e o menino até o Hospital Santo Antônio. 

A equipe de saúde do local conseguiu identificar o réptil, que seria uma jararaca, e encontrar o antídoto para aplicar na vítima da picada.

continua após publicidade

"A médica atentamente bateu foto da cobra e mandou para o órgão responsável. Em poucos instantes já tivemos a resposta de que era um filhote de jararaca e a doutora iniciou com o antídoto e a hidratação", relata Paulo Henrique de Almeida Machado, pai do menino. 

De acordo com a família, o garoto ainda está hospitalizado e o quadro de saúde dele é estável. Conforme o hospital, o bebê está em observação na pediatria. Após a identificação, a cobra foi descartada.

As jararacas possuem veneno desde que nascem para conseguirem se alimentar. 

continua após publicidade

 

Susto: criança de 1 ano sobrevive a picada de cobra jararaca fonte: Hospital Santo Antônio Blumenau/Divulgação

Caso semelhante

Um caso semelhante foi registrado também no estado de Santa Catarina, porém a criança não sobreviveu. Um menino de 2 anos morreu após ser picado por um animal peçonhento, entretanto, os profissionais de saúde não conseguiram identificar qual animal picou o garoto. O caso aconteceu na cidade de Salete, no último domingo (12). 

continua após publicidade

A criança havia sido atacada entre sexta-feira (10) e sábado (11). De acordo com a prefeitura, o menino foi identificado como Brayan Gabriel Duarte dos Santos. 

Brayan foi internado em um hospital do município, mas, por conta da gravidade, precisou ser transferido para o Hospital Regional Alto Vale, onde acabou não resistindo. Havia uma picada no pescoço de Brayan.