Cotidiano

Suspeito de matar ex-namorada divulgou vídeos íntimos de jovem

m junho, Emilly procurou a polícia informando que homem criou perfil fake no Instagram

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Emilly Luíza Ferrete Fernandes, de 25 anos, e Thales Thomás do Vale, de 29 anos
fonte: Arquivo pessoal/Divulgação
Emilly Luíza Ferrete Fernandes, de 25 anos, e Thales Thomás do Vale, de 29 anos

Emilly Luíza Ferrete Fernandes, de 25 anos, procurou a polícia ao menos duas vezes para denunciar o ex-namorado, antes de ser morta a facadas por ele, na Região do Barreiro, em Belo Horizonte, na quinta-feira (4). Em um dos registros policiais, a vítima denunciou Thales Thomás do Vale, de 29 anos, por divulgar vídeos íntimos dela em uma rede social.

continua após publicidade

Em junho deste ano, Emilly procurou a Delegacia de Mulheres afirmando que o ex criou uma página fake no Instagram e adicionou os familiares dela. Logo em seguida, ele encaminhou as imagens.

Ainda de acordo com a vítima, os dois ficaram juntos por cerca de oito meses e, após o término, Thales enviou um áudio para a jovem. Na gravação, ele teria dito que "ferraria com Emilly" caso ela voltasse a frequentar uma boate específica.

continua após publicidade

As ameaças e a divulgação dos vídeos aconteceram enquanto o suspeito estava nos Estados Unidos, onde morou por cerca de um ano. Thales ainda disse que voltaria ao Brasil.

Conforme o registro policial, temendo pela integridade física, a jovem solicitou medida protetiva.

Na última terça-feira (2), Emilly voltou a procurar a polícia para pedir medida protetiva após o homem puxar o pescoço e um dos braços dela.

Com informações do g1.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News