Cotidiano

Suspeita de aliciar brasileiros presos na Tailândia é solta

Ela deixou a prisão após pagar fiança no valor de dois salários mínimos - que representam R$ 2.424

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Suspeita de aliciar brasileiros presos na Tailândia é solta
fonte: PF

A mulher suspeita de aliciar os três brasileiros que foram presos por tráfico internacional de drogas, no Aeroporto Internacional de Suvarnabhumi, em Bangkok, na Tailândia, foi solta, no sábado (21), após pagar fiança no valor de dois salários mínimos - que representam R$ 2.424.

continua após publicidade

A decisão, de sexta-feira (20), é da juíza Sandra Regina Soares, da 9ª Vara Federal de Curitiba. Camila Raposo Broca estava presa desde 5 de maio. De acordo com o documento, não constam antecedentes criminais contra ela.

"Muito embora a quantidade de entorpecentes apreendidos seja significativa, bem como o modus operandi indicar a atuação de articulada organização criminosa, por ora, não há elementos que indiquem que a acusada ocupa posição hierárquica relevante no esquema delituoso, de modo que sua liberdade atualmente não representa perigo à ordem pública", pontua a juíza.

continua após publicidade

Segundo a decisão, Camila deverá comparecer mensalmente à Justiça, para justificar atividades e manter o endereço atualizado.

Além disso, ela é obrigada a comparecer a todos os atos do processo e "não se ausentar do local em que constituiu sua residência por mais de oito dias sem comunicação ao Juízo, sob pena de revogação automática do beneficio ora concedido, com consequente e imediata expedição de mandado de prisão".

Camila também fica proibida de frequentar aeroportos ou similares, para evitar o risco de novas infrações, conforme o documento.

continua após publicidade

O g1 tenta contato com o advogado Vinícius Monteiro Schenfeld França, que a defende.

Câmeras do Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, registraram dois dos três brasileiros presos suspeitos por tráfico internacional de drogas na Tailândia, antes de embarcarem com destino ao exterior.

As imagens, divulgadas pela Polícia Federal (PF), mostram uma jovem e um dos dois homens presos caminhando pela área externa e pelo saguão do aeroporto, acompanhados de Camila Raposo Broca.

continua após publicidade

O vídeo foi gravado, segundo a polícia, em 12 de fevereiro deste ano, véspera da prisão dos brasileiros no Aeroporto Internacional de Suvarnabhumi, em Bangkok.

Os brasileiros foram presos após serem flagrados com 15,5 quilos de cocaína, segundo autoridades do país. Os suspeitos são:

continua após publicidade

Mary Hellen Coelho Silva, de 21 anos, moradora de Pouso Alegre (MG)

Jordi Vilsinski Beffa, de 23 anos, morador de Apucarana (PR)

Ricardo de Almeida da Rosa, de 26 anos, que mora em Curitiba (PR)

A Polícia Federal informou que pretende pedir a extradição dos três brasileiros que estão detidos na Tailândia, para que eles possam responder pelos crimes no Brasil.

Ainda conforme a PF, a investigação apontou que os dois homens que estão entre os presos brasileiros, já haviam feito viagens internacionais anteriormente, com indícios de que também transportavam drogas.

Os investigados, de acordo com a polícia, devem responder por tráfico internacional de drogas e associação criminosa para o tráfico. As penas somadas podem chegar a 25 anos de prisão.


GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News