Cotidiano

Segundo pesquisadores, pacientes com covid-19 prolongada podem ter problemas de pele

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Segundo pesquisadores, pacientes com covid-19 prolongada podem ter problemas de pele
fonte: NAMTIPSTUDIO/SHUTTERSTOCK
Segundo pesquisadores, pacientes com covid-19 prolongada podem ter problemas de pele

Na semana passada foi divulgado um estudo, realizado por pesquisadores do Massachusetts Gerenral Hospital, nos Estados Unidos, juntamente da Academia Americana de Dermatologia e a Liga Internacional de Sociedades Dermatológicas, que trata sobre os problemas que o novo coronavírus manifesta na pele.

continua após publicidade

De acordo com cientistas, pessoas que tiveram infecção de pele, por conta da covid-19, apresentaram os sintomas por mais de 130 dias, principalmente entre os pacientes com os chamados dedos de Covid-19, que se caracterizam por uma erupção cutânea nas pontas das mãos e dos pés.

As apurações foram feitas com cerca de 1.000 pacientes, com infecções na pele, a média de duração dos sintomas entre os participantes da análise foi de 12 dias. Entretanto, erupções urticárias e coceiras podem ter a duração de 20 dias e erupções papuloescamosas também se mantiveram por uma média de 20 dias, sendo que, em uma das situações, chegou a 70 dias.

continua após publicidade

Pacientes com dedos de Covid-19 necessitam enfrentar esse quadro por uma quinzena. Embora, houve pessoas que conviveram com o problema por quase dois meses e outros, por mais de quatro meses.

“Nossas descobertas mostram algo que ainda não foi reportado entre pacientes com sintomas de pele persistentes por causa da Covid-19, em particular os com dedos de Covid-19. A pele é, potencialmente, uma janela visível para a inflamação que está acontecendo dentro do corpo”, relata Esther E. Freeman, uma das autoras do estudo.

Esther sugeriu aos médicos, que têm contato com pessoas que testaram positivo para a doença, que façam perguntas e avaliem qualquer sintoma na pele do paciente.

Com informações; Metrópoles.