Cotidiano

São Paulo vai liberar shows e torcida nos estádios

A partir de 17 de agosto, São Paulo passará por sua primeira grande flexibilização desde o início da pandemia

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia São Paulo vai liberar shows e torcida nos estádios
fonte: Pixabay\ ilustração
São Paulo vai liberar shows e torcida nos estádios

O governo de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (4/8), que planeja autorizar a realização de shows e permitir a presença de público em eventos esportivos e baladas, a partir de 1º de novembro. 

continua após publicidade

Até o penúltimo mês do ano, o governo estima que ao menos 90% da população acima de 18 anos do estado terá tomado as duas doses da vacina contra a Covid-19. A obrigatoriedade do uso de máscaras, entretanto, não tem data para ser suspensa.

De acordo com o planejamento, em novembro, ficarão proibidos apenas eventos que não possuam limite de público.

continua após publicidade

A partir de 17 de agosto, São Paulo passará por sua primeira grande flexibilização desde o início da pandemia: serão permitidos eventos sociais, feiras corporativas e abertura de museus sem limite de ocupação máxima, “desde que não gerem aglomerações e sigam protocolos de saúde e higiene”. Além disso, estabelecimentos comerciais, incluindo restaurantes e bares, não contarão mais com limite de ocupação – que atualmente é de até 80%.

Baladas, shows e público em eventos esportivos seguem vetados neste mês, e só devem ser liberados em novembro.

O governo de São Paulo ainda estuda criar uma espécie de “passaporte da imunidade”, que condicionaria a presença em determinadas atividades à comprovação da vacinação contra a Covid-19. A medida vem sendo adotada por alguns países, como os Estados Unidos.

“Estamos discutindo como fazer e implantar o passaporte, que é uma questão que se coloca para os próximos meses. Estamos amadurecendo a ideia”, explicou Paulo Menezes, coordenador do Centro de Contingência da Covid-19.

Tags relacionadas: #PANDEMIA #São Paulo