Cotidiano

Romário e Ministro da Educação discutem em rede social

O senador Romário criticou a fala do Ministro da Educação, Milton Ribeiro, que afirmou que crianças com deficiência "atrapalham, entre aspas" o aprendizado de outros alunos sem a mesma condição.

Da Redação ·

O senador Romário (PL-RJ) e o ministro da Educação Milton Ribeiro trocaram farpas no Twitter nesta semana. A discussão começou na segunda-feira, após Romário criticar o ministro por declaração feita durante uma entrevista à TV Brasil no dia 9 de agosto. Na ocasião, Ribeiro afirmou que crianças com deficiência "atrapalham, entre aspas" o aprendizado de outros alunos sem a mesma condição, já que “a professora não tinha equipe, não tinha conhecimento para dar a ela atenção especial”

continua após publicidade

O senador, cuja filha tem Síndrome de Down, rebateu a fala apontando que "somente uma pessoa privada de inteligência, aqueles que chamamos de imbecil, podem soltar uma frase como essa. Eles existem aos montes, mas não esperamos que estes ocupem o lugar de ministro da Educação de um país".

O político defendeu que "a diversidade em sala de aula não atrapalha, porque ninguém que busque o conhecimento atrapalha. Pessoas com deficiência em sala de aula estão, com a sua presença, também contribuindo para uma importante lição, a de que somos diversos e que não podemos deixar ninguém pra trás".

continua após publicidade

Outro lado

Ribeiro respondeu, por meio do Twitter, afirmando que "é muito deselegante quando um representante do parlamento se dirige desta maneira a um ministro de estado" e disse que a frase havia sido "tirada do contexto". Na entrevista, o ministro defendeu a criação de turmas e escolas especializadas em crianças com deficiência.

"Quero acreditar que o Sr. não tenha assistido à entrevista e caiu na onda de quem distorceu o sentido de minha frase. Para poupar seu tempo e energia, trago esclarecimentos dos seus próprios e seguidores no twitter. Fique com Deus!", escreveu o ministro.

continua após publicidade

Nesta terça, mais uma vez Romário enviou uma mensagem ao chefe da pasta de Educação: "deselegância, imbecilidade e idiotice é o que o Sr. vem fazendo com a educação do nosso País. Toma vergonha na cara".


Com informações: Jornal Extra

Tags relacionadas: #EDUCAÇÃO #MEC #Política