Cotidiano

Restaurante de Paola Carosella é boicotado nas redes sociais

Eleitores de Jair Bolsonaro subiram uma hashtag nas redes sociais, após a cozinheira os criticar

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Restaurante de Paola Carosella é boicotado nas redes sociais
fonte: Reprodução/Instagram

Nesta segunda-feira (23), Paola Carosella causou polêmica nas redes sociais, porém nada relacionado ao seu trabalho como chef de cozinha ou Youtuber. Durante uma entrevista ao DiaCast, canal do Youtube, a argentina criticou os eleitores de Jair Bolsonaro (PSL).

continua após publicidade

“É muito difícil se relacionar com quem apoia Bolsonaro por dois motivos: ou porque é um escroto, ou porque é burro”, pontuou Paola. O pronunciamento fez com que o nome da cozinheira ficasse entre os assuntos mais comentados do Twitter.

Os eleitores do atual presidente da República levantaram a hashtag #VoltaParaArgentinaCozinheira e pedem que a ex-MasterChef seja investigada pela Polícia Federal, retorne para seu país de origem e, ainda, sugerem um boicote aos restaurantes da cozinheira.

continua após publicidade

O momento aconteceu após Rafa Dias, um dos apresentadores do programa, perguntar sobre como Paolla faz para lidar com as pessoas que votaram no Bolsonaro e ainda são a favor do atual presidente da República.

Depois de sete temporadas no MasterChef, Paola Carossella deixou o reality show culinário da Band. “Tenho muita honra de ter participado desse incrível projeto chamado MasterChef na Band. Aqui estou e estarei sempre na minha casa. Mas neste momento minha empresa precisa de meu tempo e dedicação integral. Para os meus colegas queridos, para todos os que acompanham e assistem ao MasterChef e para a direção da Band e Endemol, meu muito obrigada e minha torcida sempre”, agradeceu a chef.

continua após publicidade


Fonte: Informações do Metrópoles.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News