Cotidiano

Rapaz que morreu em incêndio na Santa Casa lutava contra um câncer

Otávio tinha 23 anos e estava internado em um quarto no Centro de Tratamento Intensivo da Santa Casa de Belo Horizonte

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Otávio não resistiu ao ser retirado da CTI
fonte: Reprodução/Redes Sociais
Otávio não resistiu ao ser retirado da CTI

Um incêndio atingiu o 10º andar da Santa Casa de Belo Horizonte, Minas Gerais, na noite da última segunda-feira (27), e resultou na morte de duas pessoas. Uma delas foi identificada como Otávio Jordany Melo Resende, de 23 anos. 

continua após publicidade

De acordo com as informações da unidade de saúde, o rapaz estava internado na instituição para tratar de um câncer no sangue. Ele esteve internado na Santa Casa de Misericórdia por 42 dias. 

A namorada de Otávio, Júlia Moura, contou que as chamas que atingiram o hospital começaram no quarto 63 do Centro de Tratamento Intensivo (CTI). Seu namorado estava hospitalizado no quarto 63. 

continua após publicidade

Ainda conforme Júlia, Otávio estava se recuperando de uma infecção bacteriana no pulmão que adquiriu após ser submetido a um transplante autólogo, em que as próprias células-tronco do paciente são removidas e depois reinseridas. 

"Ele estava estável dentro do quadro grave dele. Ele não podia ser transportado por causa do oxigênio, da ventilação mecânica. Mas aí, teve isso. O fogo não chegou no quarto, mas a fumaça chegou. E ele teve que sair de lá", contou Júlia.

Por precisar ser retirado do CTI, Otávio não resistiu. Outra pessoa, identificada como Cezar Freitas de Jesus, de 51 anos, também morreu na tragédia. 

Com informações do g1.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News