Cotidiano

Quadrilha rouba joalheria em shopping na Grande SP

Raisa Toledo, Especial para o Estadão (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Uma joalheria do Internacional Shopping em Guarulhos, na Grande São Paulo, foi assaltada por uma quadrilha na noite desta quinta-feira, 28. O caso ocorreu em uma loja da Vivara, conforme o estabelecimento. A quadrilha levou peças e fugiu.

continua após publicidade

O caso é mais um em uma onda de assaltos a joalherias em várias regiões do Brasil. Em alguns casos, houve até troca de tiros entre seguranças e suspeitos. Um dos atrativos desse tipo de roubo, apontaram delegados, é o alto valor dos produtos roubados e a possibilidade de usar materiais mais valiosos, como ouro e prata, como fonte rápida de dinheiro.

O shopping de Guarulhos afirma que não houve feridos nem troca de tiros dentro do empreendimento. Depois do assalto, as operações no centro comercial foram retomadas. O shopping diz ter acionado a segurança do empreendimento e a Polícia Militar imediatamente. A polícia vai investigar o caso. A reportagem não conseguiu contato com a rede Vivara.

continua após publicidade

Outros casos

Um levantamento do Estadão publicado neste mês identificou pelo menos 16 ataques a joalherias desde o início do ano, em seis Estados e no Distrito Federal. Em São Paulo e no Rio, foram três roubos em menos de uma semana - dois terminaram em mortes. Em maio, houve ao menos dois casos na Grande Belo Horizonte. As polícias ainda tentam entender os perfis das quadrilhas e se há conexão entre os crimes.

O caso mais recente havia sido no Shopping Aricanduva, na zona leste da capital paulista. Quatro criminosos assaltaram uma joalheria no local no dia 29 de junho e, durante a fuga, trocaram tiros com seguranças no estacionamento. Ninguém se feriu, mas o grupo conseguiu fugir e abandonou o carro usado no roubo, que estava cravejado com balas, em uma rua próxima.

Menos de uma semana antes, no dia 25, um grupo fortemente armado invadiu duas joalherias do Shopping Parque D. Pedro, em Campinas, interior de São Paulo. O crime resultou na morte de um suspeito, atingido por um segurança durante troca de tiros no estacionamento, e na prisão em flagrante de outras três pessoas. Parte do bando, que não teve a quantidade de integrantes revelada pela polícia, conseguiu fugir.