MAIS LIDAS
VER TODOS

Cotidiano

Protesto de funcionários do Metrô interrompe a circulação de três linhas em São Paulo

Pelo menos três linhas do Metrô de São Paulo foram paralisadas no fim da manhã desta quinta-feira, 12, em uma manifestação dos Sindicato dos Metroviários. A companhia chama a interrupção dos serviços de "abusiva".Até as 12h40, as Linhas 1- Azul, 3-Vermelh

Gabriela Forte (via Agência Estado)

·
Escrito por Gabriela Forte (via Agência Estado)
Publicado em 12.10.2023, 13:35:00 Editado em 12.10.2023, 13:37:33
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

Pelo menos três linhas do Metrô de São Paulo foram paralisadas no fim da manhã desta quinta-feira, 12, em uma manifestação dos Sindicato dos Metroviários. A companhia chama a interrupção dos serviços de "abusiva".

continua após publicidade

Até as 12h40, as Linhas 1- Azul, 3-Vermelha e 15-Prata seguiam paralisadas e os ônibus da operação Paese foram acionados para minimizar os transtornos aos passageiros.

A Linha 2-Verde, que chegou a ter o serviço interrompido, funciona normalmente, segundo o site do Metrô, mas há relatos de que os trens circulam em velocidade reduzida.

continua após publicidade

Segundo nota publicada em rede social do sindicato, a interrupção nos serviços é um protesto contra uma série de advertências "após cinco trabalhadores que não fazem parte da classe dos operadores de trem se recusarem a receberem treinamento para acumular funções em suas jornadas".

A nota ainda diz que as punições são "uma clara retaliação à greve realizada no último dia 3" e que os trabalhos só serão retomados quando forem retiradas.

Em resposta às manifestações do sindicato, o Metrô de São Paulo afirmou que a ação é um protesto contra uma advertência por escrito dada pela empresa a cinco operadores de trem "em virtude da negativa reiterada destes cinco profissionais de desempenhar as suas atribuições".

continua após publicidade

Segundo o Metrô, os trabalhadores se negam a participar da formação e da aula prática ofertada a outros empregados que estão sendo treinados para a função de operação de trem, procedimento que faz parte da rotina dos metroviários.

"Vale ressaltar que a advertência não tem nada a ver com o objeto de greve recente, em 3/10, e que a advertência não implica em suspensão ou demissão e que não há sequer impactos na remuneração. A advertência, por ora, cumpre apenas o seu papel de dar aos funcionários a oportunidade para que corrijam a conduta faltosa", diz a nota.

O Metrô ainda afirma que estuda medidas legais que podem ser tomadas após a paralisação, "que prejudica a população sem aviso prévio".

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Cotidiano

    Deixe seu comentário sobre: "Protesto de funcionários do Metrô interrompe a circulação de três linhas em São Paulo"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!