Mais lidas

    Cotidiano

    GOVERNADORES

    Presidente diz que entrou com ação no STF contra decretos

    Presidente diz que entrou com ação no STF contra decretos
    Foto por Reprodução
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 18.03.2021, 20:34:34 Editado em 18.03.2021, 20:34:42
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta quinta-feira (17), que entrou com ação no STF (Supremo Tribunal Federal) contra decreto de governadores que determina medidas mais restritivas para enfrentar a pandemia do novo coronavírus.

    Conforme  Bolsonaro, alguns governadores e prefeitos são "projetos de ditadores". "Entramos com ação direta de inconstitucionalidade junto ao STF buscando conter esses abusos. Entre eles, o mais importante é que nossa ação foi contra o decreto de 3 governadores. No decreto, inclusive, o cara bota toque de recolher. Isso é estado de sítio, que só uma pessoa pode decretar: eu", disse o presidente em live semanal transmitida pelas redes sociais

    "Se sou eu que assino o decreto, vai para dentro do Parlamento e, se eles concordarem, entra em vigor. Agora o decreto de um governador ou prefeito tem poder de usurpar a Constituição", reclamou.

    Bolsonaro não disse contra quais governadores entrou na Justiça, mas, na semana passada, ele acusou o governador do Distrito Federal de instituir um "estado de sítio" —mecanismo que possibilita restrições a direitos ou medidas excepcionais para conter algum tipo de abalo à ordem pública

    Durante a 'live', o presidente demonstrou indignação contra as medidas adotados em São José do Rio Preto. "Prefeito de São José proíbe a venda de combustíveis, olha a que ponto chegou o decreto do prefeito. Para abastecer o carro lá vai ser exigido um documento comprobatório de atividade permitida. Não estou acreditando nisso!"

    Com informações, UOL

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Cotidiano

    Deixe seu comentário sobre: "Presidente diz que entrou com ação no STF contra decretos"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.