MAIS LIDAS
VER TODOS

Cotidiano

Prates: Receitas do petróleo devem ser usadas cada vez mais para transição energética

O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, defendeu que as receitas petrolíferas sejam aplicadas em esforços de transição energética numa crescente."É preciso compreender que o mundo simplesmente não pode parar de usar petróleo de um dia para o outro. N

Gabriel Vasconcelos (via Agência Estado)

·
Escrito por Gabriel Vasconcelos (via Agência Estado)
Publicado em 02.12.2023, 18:44:00 Editado em 02.12.2023, 18:49:06
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, defendeu que as receitas petrolíferas sejam aplicadas em esforços de transição energética numa crescente.

continua após publicidade

"É preciso compreender que o mundo simplesmente não pode parar de usar petróleo de um dia para o outro. Nós ainda vamos precisar dele. É importante também que as receitas petrolíferas dos Estados e empresas sejam usadas gradualmente cada vez mais para a transição energética", disse em vídeo gravado hoje, na COP28, em Dubai.

Segundo Prates, esse debate sobre o papel das petroleiras na transição, previsto para o dia 6 de dezembro, será a principal contribuição da Petrobras e suas pares globais, estatais e privadas, na conferência.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Cotidiano

    Deixe seu comentário sobre: "Prates: Receitas do petróleo devem ser usadas cada vez mais para transição energética"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!