Cotidiano

Polícia investiga suposto envenenamento de capivaras no RS

Até o momento sete capivaras e um veado foram encontrados mortos perto de riacho em Júlio de Castilhos

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Polícia investiga suposto envenenamento de capivaras no RS

Em Júlio de Castilhos, interior do Rio Grande do Sul, animais silvestres estão sendo encontrados mortos. Até a última sexta-feira (21), sete capivaras e um veado já foram localizados sem vida por um morador da região.

continua após publicidade

De acordo com um morador, entrevistado pelo portal GZH, três animais chegaram a ser achados mortos juntos.

“A nossa família tem terras por ali, e o meu tio mora há muitos anos lá, está acostumado com as capivaras, porque ele não tem cachorros, nada, aí elas se sentem bem por ali. Na quinta (dia 12), ele encontrou as primeiras e ficou desconfiado, porque eram três mortas juntos. Ele nos contou, mas não demos muita importância. Mas aí no sábado ele encontrou o veado e outras capivaras, e aí vimos que tinha algo errado”, disse Celmar de Quadros Almeida, parente do homem que encontrou os animais.

continua após publicidade

O caso é investigado pela Polícia Civil, que trabalha com a hipótese de envenenamento do riacho perto do local. Amostras da água foram coletadas para análise.