Cotidiano

PIS/Pasep começa a ser pago a partir deste mês; confira

O benefício deve começar a ser pago a partir deste mês

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia PIS/Pasep começa a ser pago a partir deste mês; confira
fonte: Arquivo/Agência Brasil

O PIS/Pasep, que foi adiado no ano passado, começa a ser pago a partir deste mês. O benefício deve ser pago às pessoas que exerceram qualquer atividade remunerada neste ano por mais de 30 dias, com carteira assinada. Além disso, o abono é destinado somente a quem recebe dois salários mínimos por mês (R$ 2.200). 

continua após publicidade

Para ter acesso ao abono também é preciso estar inscrito no PIS-PASEP há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Enquanto o Programa de Integração Social (PIS) é destinado aos trabalhadores de empresas privadas, o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP) é voltado aos servidores públicos.

continua após publicidade

O pagamento do PIS é realizado na Caixa Econômica e casas lotéricas; já o PASEP é pago pelo Banco do Brasil. Quem não tiver conta nestes bancos podem sacar o benefício em qualquer caixa eletrônico com o cartão cidadão e a senha para saque. Quem não tiver o cartão recebe em qualquer agência da Caixa com documento de identificação com foto, CPF e Carteira de Trabalho.

Valores

O calendário de pagamento deve ser divulgado ainda neste mês. Os depósitos serão realizados no mês de aniversário do trabalhador, se estendendo de janeiro até dezembro. 

continua após publicidade

O governo pode aumentar o valor do PIS/Pasep para poder pagar o retroativo ao adiamento deste anos. Porém, isto precisa ser confirmado. 

Confira os valores a serem pagos:

1 mês de trabalho: R$ 100;

continua após publicidade

2 meses de trabaho: R$ 200;

3 meses de trabalho: R$ 300;

continua após publicidade

4 meses de trabalho: R$ 400;

5 meses de trabalho: R$ 500;

6 meses de trabalho: R$ 600;

continua após publicidade

7 meses de trabalho: R$ 700;

8 meses de trabalho: R$ 800;

9 meses de trabalho: R$ 900;

10 meses de trabalho: R$ 1000;

11 meses de trabalho: R$ 1.100;

12 meses de trabalho: R$ 1.200.

Com informações do IstoÉ Dinheiro.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News