Cotidiano

Pfizer: vacina contra covid protege crianças de 5 a 11 anos

As farmacêuticas Pfizer e BioNTech anunciaram que o imunizante desenvolvido por elas é seguro e induz resposta imune "robusta" em crianças de 5 a 11 anos

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Pfizer: vacina contra covid protege crianças de 5 a 11 anos
fonte: Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF
Pfizer: vacina contra covid protege crianças de 5 a 11 anos

As farmacêuticas Pfizer e BioNTech anunciaram que o imunizante desenvolvido por elas é seguro e induz resposta imune "robusta" em crianças de 5 a 11 anos. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (20). Os dados são preliminares e ainda precisam passar por avaliação de outros cientistas para serem publicados em revista científica. Até agora, a vacina da Pfizer pode ser aplicada em pessoas a partir dos 12 anos.

continua após publicidade

As empresas realizaram testes para descobrir se a vacina pode ser aplicada em crianças e, conforme as análises, até o momento, a vacina apontou bons resultados. O estudo contou com a participação de 4,5 mil bebês e crianças com idades entre 6 meses e 11 anos de quatro países: Estados Unidos, Finlândia, Polônia e Espanha. 

Dos 4,5 mil participantes, 2.268 tinham idades entre 5 e 11 anos. Elas receberam duas doses da vacina, administradas com um intervalo de 21 dias, porém, com uma quantidade menor na dosagem. 

continua após publicidade

Após um mês da aplicação da segunda dose, houve uma averiguação na concentração de anticorpos dos pacientes. A vacina foi "bem tolerada, com efeitos colaterais geralmente comparáveis aos observados em participantes de 16 a 25 anos de idade", disse a farmacêutica.

A expectativa é de que os resultados da faixa etária de 6 meses até 5 anos sejam divulgados ainda neste ano. Essas idades foram divididas em dois grupos: de 6 meses até 2 anos e de 2 a 5 anos.

As empresas também anunciaram que "planejam enviar dados do estudo completo de fase 3 para publicação científica", mas também não informaram um prazo para envio.