Cotidiano

OMS diz que variante ômicron representa risco elevado

A OMS alegou também que há diversas dúvidas sobre a nova mutação, principalmente sobre o perigo real que representa

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia OMS diz que variante ômicron representa risco elevado
fonte: Pixabay

A mais recente variante do coronavírus, ômicron, representa um alto risco para o planeta, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). Entretanto, o órgão alegou também que há diversas dúvidas sobre a nova mutação, principalmente sobre o perigo real que representa. 

continua após publicidade

Por meio de um documento técnico, a organização afirmou que, até o momento, não há registros de óbitos causados pela variante ômicron. A OMS destacou que todos os cuidados devem ser tomados para frear a transmissão da nova cepa. 

Na última semana, alguns países suspenderam voos vindos de países africanos na tentativa de barrar o avanço da variante, que já está em todos os continentes. 

continua após publicidade

"Dadas as mutações que poderiam conferir a capacidade de escapar de uma resposta imune e dar-lhe uma vantagem em termos de transmissibilidade, a probabilidade de que a ômicron se propague pelo mundo é elevada", afirma a organização.

"Em função das características, podem existir futuros picos de Covid-19, que poderiam ter consequências severas", completa. 

Análises devem ser feitas por cientistas para apurar o nível de contágio da ômicron. Além disso, é necessário saber se o nível de proteção das vacinas contra a Covid-19 já existentes é suficiente contra esta cepa e se a variante causa sintomas mais graves. 

Com informações; G1. 

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News