Mais lidas
Ver todos

    Cotidiano

    OMS: covid-19 pode voltar a ganhar força no Brasil e momento é de extrema cautela

    Escrito por Da Redação
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    Diretor executivo da Organização Mundial de Saúde (OMS), Michael Ryan foi questionado em entrevista coletiva nesta quarta-feira, 17, sobre se a pandemia da covid-19 pode ter estabilizado no Brasil. Segundo ele, o quadro "ainda é muito severo" no País. "Certamente, o aumento do número de casos não está tão exponencial quanto antes. Há alguns sinais de estabilização", afirmou.

    Ryan advertiu, porém, que ocorreram momentos similares em outras nações. "Já vimos isso acontecer antes. Pode haver sinais de estabilização por uns dias e a doença voltar a decolar", ressaltou, dizendo que o Brasil vive agora um momento de "extrema cautela".

    O diretor executivo da OMS recomendou que o País mantenha um foco em medidas como distância física, reforço na higiene, evitar a aglomeração de pessoas e o apoio à população, sobretudo a mais vulnerável e que enfrenta dificuldades para manter as medidas recomendadas a fim de evitar a propagação do novo coronavírus.

    "O momento é de se concentrar nas medidas", enfatizou Ryan, citando também que deve haver um trabalho para garantir que o sistema de saúde continue a suportar o número de pacientes.

    Ele ainda terminou por expressar otimismo sobre a capacidade do País para superar essa crise.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    A luta das mulheres por direitos no Brasil, com Aline Rocha e Gabriela Sacchelli

    Deixe seu comentário sobre: "OMS: covid-19 pode voltar a ganhar força no Brasil e momento é de extrema cautela"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.