Cotidiano

Ocupação de leitos de UTI para covid-19 supera 80% em Belo Horizonte

Da Redação ·

A ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para tratamento da covid-19 na capital mineira ultrapassou a marca de 80% na segunda-feira, 28, conforme boletim divulgado pela prefeitura. O índice é o maior desde o início da divulgação do dado, em 5 de agosto, quando o porcentual atingiu 79,4%. O informativo da segunda-feira aponta ocupação de 80,3%.

continua após publicidade

A nova alta na utilização dos leitos de UTI em Belo Horizonte teve início no mês passado. No dia 6, era de 29,3%, passando a 58,1% no último dia 9, cerca de um mês depois, e atingindo 75% na véspera do Natal. O sistema de saúde da capital tem 533 leitos de UTI específicos para covid-19, sendo 249 no sistema público e 284 no particular.

A ocupação é maior na rede particular, que tem, no momento, 83,5% do total de leitos com pacientes. Na rede pública a utilização de UTI para tratamento da covid-19 é um pouco menor, 76,7%.

continua após publicidade

O boletim divulgado na segunda mostra ainda que 1.839 pessoas já morreram em Belo Horizonte por causa da doença. O total de casos confirmados é de 61.825.

Outro dado no boletim mostra a possibilidade de algum alívio na ocupação dos leitos para tratamento da doença na cidade nas próximas semanas. O índice que mede o potencial de transmissão do vírus de cada infectado, que chegou a 1,11 no dia 18 de dezembro, na faixa amarela de alerta, está agora em 0,96, caindo à área verde de cautela.

O resultado indica que cada 100 contaminados na cidade podem transmitir a doença para outros 96, podendo apontar para tendência de controle da epidemia, desde que o porcentual não suba novamente.

continua após publicidade

No último dia 7, a prefeitura voltou a proibir o consumo de bebidas alcoólicas em bares e restaurantes da cidade.

Estado

Os dados para todo o Estado mostram que, de um total de 3.821 leitos de UTI em operação, 2.674 estão ocupados, perfazendo 70% das unidades disponíveis. E deste número, 1.167, ou 43,6%, estão sob utilização por pacientes com covid-19 ou com suspeita de infecção pela doença.

continua após publicidade

Há regiões em que a ocupação geral de unidades de terapia intensiva ultrapassou 80%, como a Leste, onde o total utilizado é de 84,88%. Desse volume, quase a metade, 41,86%, está ocupado por pacientes com covid-19 ou com suspeita de terem sido contaminados.

Em todo o Estado de Minas Gerais, conforme os dados da pandemia atualizados pelo governo nesta terça-feira, 11.615 pessoas já morreram por causa da covid-19. O total de casos no Estado é de 529.653.

O levantamento mostra ainda que 38.850 pessoas estão sob acompanhamento das autoridades de saúde por suspeita de terem contraído a doença.