Cotidiano

Óbitos causados pela ômicron sobem para 12 no Reino Unido

Segundo a OMS, a variante ômicron se espalha de forma mais rápida que a delta

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Óbitos causados pela ômicron sobem para 12 no Reino Unido
fonte: Getty Images

A variante ômicron, nova mutação do coronavírus que está se espalhando pelo mundo, está registrando óbitos no Reino Unido, segundo o vice-primeiro-ministro britânico, Dominic Raab. 

continua após publicidade

Ele afirmou que o país teve mortes causadas pela ômicron, chegando a 12 óbitos. Dominic falou sobre o caso nesta segunda-feira (20). 

A variante foi detectada pela primeira vez no sul da África, há menos de um mês, e já se disseminou pelo mundo. Ela se espalha de forma mais rápida que a variante delta e já foi detectada em quase 90 países, conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS). 

continua após publicidade

Estudos indicam que ela é mais transmissível (o Reino Unido, por exemplo, tem registrado sucessivos recordes diários de novos casos). Mas ainda não se sabe se ela causa uma forma mais grave de Covid-19.

Ômicron predominante na Inglaterra

O vice-primeiro-ministro britânico, Dominic Raab, disse também que 104 pessoas estão atualmente hospitalizadas com a ômicron no Reino Unido, e autoridades alertaram na semana passada que as hospitalizações podem bater novos recordes devido à variante.

continua após publicidade

O secretário de Saúde britânico, Sajid Javid, disse no domingo (19) que a ômicron já é responsável por 60% dos casos na Inglaterra e 80% em Londres.

Javid afirmou também que 10% da população elegível à vacinação contra a Covid-19 (mais de 5 milhões de pessoas) ainda não se imunizou e os não vacinados são cerca de 90% dos pacientes internados que precisam de mais cuidados nos hospitais

Com informações; G1.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News