Cotidiano

Na saída do feriado, Bandeirantes é interditada para motociata de Bolsonaro em SP

Da Redação ·

A Rodovia dos Bandeirantes, uma das principais ligações de São Paulo com o interior do Estado, está com a pista no sentido interior interditada nesta sexta-feira, 15, para a passagem de uma motociata com o presidente Jair Bolsonaro. Os bloqueios acontecem em plena saída para o feriado da Semana Santa, quando a previsão é de que 750 mil veículos circulem pelo Sistema Anchieta-Imigrantes.

continua após publicidade

O presidente da República participa do evento "Acelera com Cristo" na companhia de outras autoridades, como o ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicanos), pré-candidato ao governo de São Paulo.

De acordo com a concessionária CCR Autoban, que administra o sistema, a interdição ocorre desde as 8h pela Polícia Militar Rodoviária, a partir do km 13, junto à Marginal Tietê, até o km 134, no entroncamento com a Rodovia Luiz de Queiroz (SP-304), em Santa Bárbara dOeste, na região de Campinas. A previsão é de que a Bandeirantes permaneça interditada até as 15h.

continua após publicidade

Durante o período da motociata, o tráfego do Sistema Anhanguera-Bandeirantes no sentido interior será permitido apenas pela Via Anhanguera (SP-330). Painéis de mensagens variáveis instalados no sistema orientarão os motoristas a usarem essa rodovia nos deslocamentos para o interior.

A pista sentido São Paulo da Bandeirantes não tem previsão de interdição, porém, todos os acessos a ela entre São Paulo e Santa Bárbara dOeste serão fechados pela Polícia Rodoviária.

Haverá bloqueios nos seguintes acessos à Bandeirantes: Rodoanel Mário Covas (SP-21), no km 24; Via Anhanguera (SP-330), no km 48: Rodovia Magalhães Teixeira (SP-083), anel viário de Campinas, no km 84; Rodovia Santos Dumont (SP-75), no km 87; Rodovia Adalberto Panzan (SPI 103/330), no km 95; Rodovia Jornalista Francisco Aguirra Proença (SP-101), no km 103, e Estrada Municipal SMR-40, no km 114.

continua após publicidade

Os acessos aos postos de serviços localizados no trecho também serão bloqueados. Viaturas da Polícia Rodoviária farão a varredura no trecho interditado para garantir que nenhum veículo fique retido, à espera do término do passeio de motos.

A CCR Autoban informou que vai disponibilizar todo efetivo para garantir a segurança do tráfego dos usuários, totalizando um aumento de 40% no total de viaturas e de 70% no número de colaboradores em comparação com um dia normal. Viaturas serão posicionadas em pontos estratégicos para dar fluidez ao trânsito nas demais rodovias do sistema.