Cotidiano

Municípios de São Paulo registram tempestade de areia

O fenômeno foi registrado nesta quinta-feira

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Municípios de São Paulo registram tempestade de areia
fonte: Reprodução/Youtube
Municípios de São Paulo registram tempestade de areia

Tempestades de areia se formaram novamente em cidades do interior de São Paulo. O fenômeno foi registrado nesta quinta-feira (14) por moradores da região de Ribeirão Preto, Brodowski, Colômbia, Barretos, Batatais, São Joaquim da Barra, Pitangueiras, Pirassununga, Sertãozinho, Serrana e Jardinópolis.

continua após publicidade

Segundo o meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) Franco Villela, as tempestades registradas nesta quinta são similares às que aconteceram recentemente no estado

“O diferencial da tempestade desta quinta-feira da outra é que essa teve caráter mais esparso, com chuvas fortes e com rajadas de vento muito fortes. No Aeroporto de Ribeirão Preto foi medido 75 km/h, mas, olhando as fotos, a gente pode dizer que em alguns pontos mais isolados pode ter chegado até os 100 km/h”.

continua após publicidade

Queimadas e arado

De acordo com o meteorologista, as rajadas de ventos são típicas da primavera. “Os ventos dessas rajadas são bastante típicos da primavera, mas como a gente teve aí um período muito seco, e está começando a se restabelecer as chuvas, mas, ainda assim, têm muitos terrenos que foram queimados em toda uma extensão. Desde Ribeirão Preto até o norte do estado você vai observando que tem áreas muito grandes que foram queimadas, reduzindo a cobertura vegetal”.

Villela ressaltou que junto à queimada, tem o gradeamento. “Aliado a isso, têm ainda técnicas agrícolas do gradeamento, que é o arado. Então, esse solo, em grandes extensões de solo nu, quando faz calor e precede a chegada dessas tempestades, os ventos dessa tempestade levantam muita poeira mesmo. É poeira misturada com muito solo, então é efeito dessa técnica do gradeamento e também dos incêndios [ocorridos em agosto e setembro]”.

Com informações; Agência Brasil.