Cotidiano

Mulher tira calcinha e a usa para resgatar jumento em pista

"Quem é protetora salva vidas, independentemente do instrumento”, disse a ativista

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Mulher tira calcinha e a usa para resgatar jumento em pista
fonte: Reprodução
Mulher tira calcinha e a usa para resgatar jumento em pista

Uma ativista fez o que fosse preciso para resgatar dois jumentos em uma rodovia, em Maracanaú, no Ceará. Stefani Rodrigues, de 41 anos, tirou a própria calcinha para poder capturar um dos animais. O caso aconteceu no último domingo (10) e foi divulgado nas redes sociais. 

continua após publicidade

Stefani alega que estava em seu veículo e seguia para a ONG Anjos da Proteção Animal (APA), a qual ela é presidente. Porém, durante o trajeto, ela se deparou com dois jumentos às margens da pista. Ela parou o automóvel e conduziu os animais até um posto de combustíveis. 

No local, a ativista pediu uma corda para poder prender um dos jumentos, que era o filhote. Entretanto, a mulher não obteve sucesso. Então, Stefani pediu para que alguém ficasse com os animais para ela poder ir ao banheiro, onde tirou a calcinha. Rodrigues usou a peça para prender um dos animais. 

continua após publicidade

Como ninguém se prontificou, ela tirou a peça no meio da rua mesmo: “Foda-se… Quem é protetora salva vidas, independentemente do instrumento”, disse.

Nas redes sociais, os seguidores de Stefani questionaram se ela ficou com vergonha, ela disse: “Quem tem que ter vergonha é quem solta esses animais na rua. Quem tem que ter vergonha é que explora os animais”.

Após toda a situação, a ativista ligou para o serviço de transporte de cargas, que levou os animais para uma propriedade rural que faz parte da APA.  “Os jumentos foram avaliados por veterinários e estão recebendo suporte de alimentação”, relata.

View this post on Instagram

Uma publicação compartilhada por APA - Anjos da proteção animal (@apa_fortaleza)

Tags relacionadas: #animal #Ativista #Ceará #resgate