Cotidiano

Mulher manda 'dar susto' em seu ex, mas ele acaba sendo morto

Segundo Polícia Civil, a blogueira Isa Gomes foi preso em flagrante por ter mandado "dar um susto" em seu ex, em Contagem, Minas Gerais

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Isa Gomes e dois homens foram presos em flagrante, segundo a Polícia Civil
fonte: Reprodução/Redes Sociais
Isa Gomes e dois homens foram presos em flagrante, segundo a Polícia Civil

Uma blogueira, de 29 anos, foi presa em flagrante após contratar três homens para "dar um susto" em seu ex-namorado, de 36. Porém, a vítima acabou sendo agredida até a morte, em Contagem, Minas Gerais. De acordo acordo com a Polícia Civil (PC) outras duas pessoas foram presas. 

continua após publicidade

A mandante do crime, Isabela Gomes Pereira, mais conhecida na internet como "Isa Gomes", disse em um depoimento que estava sendo traída pelo ex-companheiro, identificado como Leandro Rezende Morais. O rapaz estava tendo um caso com uma amiga de Isabela. 

Revoltada, ela teria ido para uma praça da cidade, onde acabou conversando com um homem desconhecido. Ela contou ao sujeito que foi vítima de uma traição e que também era agredida pelo ex-namorado, inclusive, já havia feito alguns boletins de ocorrência contra ele. 

continua após publicidade

Após isso, o homem se ofereceu para "dar um susto" em Leandro. Eles combinaram de se encontrar na praça mais tarde, mas, no momento em que Isabela retornou ao local, outros três homens a esperavam para ir até a casa do rapaz. 

De acordo com a blogueira, eles pularam o muro da residência e ficaram aproximadamente 20 minutos lá dentro, enquanto ela esperou do lado de fora. O trio agrediu Leandro até a morte. 

Na terça-feira (28), uma vizinha suspeitou que a casa da vítima havia sido invadida, então, ela acionou a Polícia Militar (PM). Uma equipe se dirigiu até o local e, ao entrar na moradia, Leandro foi encontrado sem vida em um dos quartos da residência. 

continua após publicidade

De acordo com a PM, Morais estava com as mãos e pernas amarradas, um fio enrolado no pescoço e uma blusa cobrindo o rosto.

Os militares conseguiram encontrar dois suspeitos, que deram uma versão diferente. Eles disseram que estavam na praça quando a mulher se aproximou e pediu que dessem um susto no namorado e roubassem a casa dele. Ambos afirmaram que ela entrou na casa de Leandro e chutou o rosto dele.

Eles respondem por roubo seguido de morte. 

Com informações do g1.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News