Cotidiano

Mulher é julgada por matar com ‘arremesso' de celular

Durante uma briga, ela jogou o celular na cabeça do namorado, que acabou morrendo.

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Mulher é julgada por matar com ‘arremesso' de celular
Mulher é julgada por matar com ‘arremesso' de celular

Na Argentina, uma mulher de 22 anos enfrenta julgamento  após seu namorado ter morrido dias após uma briga de casal. No dia 10 de abril, Roxana Adelina López teve uma discussão com o namorado, Luis Dario Guantay, em seu apartamento na cidade de Cafayete. Durante a briga, ela foi agredida com tapas no rosto e revidou jogando o celular na cabeça do namorado.

continua após publicidade

As informações são do jornal argentino Clarín.

Após a briga, Guantay passou a ter dores de cabeça e mal estar. Ele foi então levado a um hospital, onde foi constatado traumatismo craniano grave. O homem chegou a ser operado, mas morreu oito dias depois da discussão, no dia 18 de abril deste ano.

continua após publicidade

Nesta semana, Roxana compareceu a um tribunal para enfrentar acusação de homicídio. Ela ganhou o direito de responder ao processo em liberdade.

Com informações Isto É.