Cotidiano

Mulher acusada de gerenciar tráfico no Jacarezinho é presa em Copacabana

Fábio Grellet (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Uma mulher identificada como Joyce Amorim, de 28 anos, acusada de ser gerente do tráfico de drogas na favela do Jacarezinho, na zona norte do Rio, foi presa na madrugada desta quinta-feira, 16, na Avenida Atlântica, em Copacabana (zona sul), por policiais militares da Operação Copacabana Presente. Ela estava foragida desde o fim do Natal de 2021, quando foi autorizada a deixar a prisão para visitar a família e não retornou, como deveria.

continua após publicidade

Segundo nota divulgada nesta quinta-feira pela Secretaria de Governo do Estado do Rio, Joyce estava acompanhada por um homem quando o casal foi abordado pelos policiais. Diante do nervosismo da mulher, os policiais averiguaram se havia pendências judiciais contra ela e constataram que era foragida. Ela foi detida e conduzida à 12ª DP (Copacabana), onde o caso foi registrado. O homem não tinha pendências e foi liberado.

Joyce tem passagens por tráfico de drogas, roubo e associação para o tráfico. Segundo a polícia, ao sair da prisão ela foi para o Jacarezinho, mas deixou a favela logo em seguida, no final de janeiro, quando a polícia ocupou a comunidade para iniciar o programa Cidade Integrada.

continua após publicidade

Fios. Ontem, 15, policiais militares da Operação Segurança Presente no município de Japeri, na Baixada Fluminense, prenderam em flagrante um homem que estava furtando fios de cobre da SuperVia dentro de uma estação de trem, na rua Leny Ferreira. Os PMs foram chamados por pessoas que flagraram o furto, praticado por dois criminosos. Um deles conseguiu fugir. O nome do detido não foi divulgado.