Cotidiano

+Milionária: governo autoriza criação de nova loteria

O prêmio mínimo começa em R$ 10 milhões

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia +Milionária: governo autoriza criação de nova loteria
fonte: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O governo federal autorizou, nesta segunda-feira (18), a criação de uma nova modalidade lotérica no Brasil: a +Milionária. No momento, a realização de apostas está em alta no Brasil e isso favorece a implantação da nova loteria. 

continua após publicidade

De acordo com os dados da Caixa Econômica Federal, no último ano, foram arrecadados R$ 18,83 bilhões em apostas. Comparado com 2020, houve um aumento de 7,7 %. 

+Milionária

continua após publicidade

A autorização para a nova modalidade foi dada em portaria da Secretaria de Avaliação, Planejamento, Energia e Loteria da Pasta, publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira, que entra em vigor dia 2 de maio.

De acordo com o texto, a nova loteria terá frequência semanal e a data do primeiro concurso será ainda definida pela Caixa.

A +Milionária deve contar com dois campos. A aposta mínima custará R$ 6 e será de 6 números na matriz I (números de 1 a 50) e dois números na matriz II (números de 1 a 6) dos volantes dos jogos. Já o prêmio mínimo começa em R$ 10 milhões. No entanto, as chances de acertar os oito números serão menores.

continua após publicidade

As apostas poderão ser feitas nas casas lotéricas ou no site (www.loteriasonline.caixa.gov.br), além de aplicativo (App Loterias Caixa) de telefone.

No entanto, segundo estatísticos, as chances de levar o prêmio máximo na nova loteria é superior a uma em 230 milhões. Em comparação, no caso da Mega-Sena, a chance de levar o grande prêmio é de uma em 50 milhões.

Com informações da CNN.