Cotidiano

Menino ganha 'prêmio' após recusar a tirar máscara na escola

A criança é vista como uma referência infantil em protocolos de prevenção da Covid-19

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Menino ganha 'prêmio' após recusar a tirar máscara na escola
fonte: Reprodução/Redes Sociais
Menino ganha 'prêmio' após recusar a tirar máscara na escola

Um menino de 6 anos cumpre todas as medidas contra o novo coronavírus, principalmente quando essas ordens vêm de sua mãe. Mason Peoples se recusou a tirar à máscara durante a hora da foto em sua escola, na Virgínia, Estados Unidos. O garoto recebeu até um 'prêmio' por isso. 

continua após publicidade

A situação repercutiu nas redes sociais após a mãe de Mason compartilhar o diálogo do filho com o fotógrafo. Veja:

FOTÓGRAFO: Ok, pode tirar sua máscara.

continua após publicidade

MASON: Minha mamãe falou para eu ficar o tempo todo de máscara e só tirar na hora de comer, quando não tiver ninguém por perto.

FOTÓGRAFO: Mas tenho certeza de que será OK tirar só para a foto.

MASON: Não, mas minha mãe falou muito sério. Não posso.

continua após publicidade

FOTÓGRAFO: Nem por 2 segundinhos?

MASON: Não, obrigado, eu sempre ouço minha mamãe.

FOTÓGRAFO: Ok, então. Diga "queijo"!

continua após publicidade

A mãe de Peoples alegou estar muito orgulhosa da atitude do filho. "Estou tão orgulhosa por ele ter cumprido sua palavra, mas eu deveria ter sido mais clara sobre as regras desse dia [da foto]", brincou.

Prêmio

continua após publicidade

A foto do garoto repercutiu nas redes sociais e ele passou a ser visto como uma referência infantil em protocolos de prevenção da Covid-19

Nos comentários, internautas perguntaram para a mãe do menino se poderiam doar dinheiro para que ele fosse recompensado por sua conduta.

Diante de tantos pedidos, ela montou uma "vaquinha" on-line para pagar futuramente a faculdade de Mason. Até este domingo (3), 1.600 pessoas já haviam doado mais de 33 mil dólares (o equivalente a cerca de 180 mil reais).

"Ele está tão feliz de ver que ficaram orgulhosos de sua atitude", relatou a mãe.

Com informações; G1.