Cotidiano

Marinha envia 3 navios, 1 aeronave e 40 fuzileiros para ajuda a ações no Amapá

Da Redação ·

A Marinha do Brasil informou há pouco que mobilizou três navios, uma aeronave e 40 fuzileiros navais para apoiar ações no Amapá para amenizar os impactos da falta de energia no Estado. Diversas regiões enfrentam desabastecimento de itens básicos, como água potável.

continua após publicidade

Mais cedo, o Ministério de Minas e Energia informou que Macapá voltou a receber energia elétrica após ter sido reconectada ao Sistema Interligado Nacional (SIN) durante a madrugada. De acordo com a pasta, a religação do fornecimento de eletricidade está sendo feita de forma escalonada, e a capital do Amapá já estaria recebendo mais de terço da carga usual. O atendimento aos bairros ocorre de forma escalonada em regime de racionamento.

Um incêndio na subestação Macapá ocorrido na noite de terça-feira, 3, levou ao desligamento automático da linha de transmissão Laranjal/Macapá e das usinas hidrelétricas de Coaracy Nunes e Ferreira Gomes. O fogo tomou conta da subestação e interrompeu cerca de 250 MW de carga elétrica. Ao todo, 14 dos 16 municípios do Estado ficaram sem energia.