Cotidiano

Manaus tem segunda noite de ataques após morte de traficante

A onda de violência se sucedeu após a morte de um traficante drogas.

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Manaus tem segunda noite de ataques após morte de traficante
fonte: Reprodução
Manaus tem segunda noite de ataques após morte de traficante

Manaus viveu mais uma onda de violência entre o fim da noite de domingo (6) e a madrugada desta segunda-feira (7). Uma Unidade Básica de Saúde (UBS), o prédio do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) e um caixa eletrônico foram incendiados por criminosos.

continua após publicidade

 

 UBS vandaliza na noite de domingo em Manaus - AM. fonte: Matheus Castro/G1
UBS vandaliza na noite de domingo em Manaus - AM.

Ônibus do transporte coletivo ficaram sem circular, e as aulas nas escolas públicas e privadas foram suspensas.

continua após publicidade

Esta foi a segunda noite de ataques na cidade. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, eles começaram como represália pela morte de um traficante de drogas, e a ordem para os atos de vandalismo partiu de integrantes de um grupo criminoso que estão dentro de um presídio.

Em uma publicação nas redes sociais nesta manhã, o governador Wilson Lima informou ter pedido o envio de tropas da Força Nacional para reforçar a segurança no Amazonas.

"Ontem a noite formalizei pedido ao Ministério da Justiça para o envio de homens da Força Nacional ao Amazonas. O objetivo é que reforcem o trabalho das forças de segurança do Estado, que atuam no combate aos atos de vandalismo que têm acontecido nas últimas horas", diz a mensagem.

continua após publicidade

O secretário de Segurança Pública, Louismar Bonates, afirmou que espera receber efetivo para auxiliar a conter a crise na segurança do estado até a terça-feira (8).

Aulas suspensas

O governo do Amazonas informou, em nota, que órgãos da administração estadual vão funcionar por trabalho remoto nesta segunda-feira. No entanto, segundo o texto, os serviços essenciais das áreas de saúde e segurança não sofrerão qualquer descontinuidade nos atendimentos.

continua após publicidade

As aulas nas escolas da rede pública foram suspensas e serão realizadas apenas na modalidade remota. Nas escolas particulares, também não haverá atividades.

Ataques no fim de semana

Ao menos 16 veículos foram incendiados durante a madrugada de domingo (6) em Manaus, numa onda de ataques em represália à morte de um traficante, ocorrida no sábado (5), segundo o governo do Amazonas.

Um distrito de obras da prefeitura de Manaus, no bairro Compensa, foi alvo de ataques. O prédio onde funcionava o escritório e um trator foram incendiados. Uma agência bancária foi depredada.

Com informações: G1