Cotidiano

Mais de 180 brasileiros são presos ao entrarem ilegalmente nos EUA

Os brasileiros formam a maior parte dos detidos. Depois, romenos e colombianos foram as nacionalidades mais comuns entre os detidos

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
No total, 224 foram detidos, dos quais 183 eram brasileiros
fonte: Getty Images
No total, 224 foram detidos, dos quais 183 eram brasileiros

Agentes de fronteira dos Estados Unidos comunicaram a prisão de dois grupos de imigrantes ilegais tentando atravessar a fronteira do país, pelo estado da Califórnia, na última semana. No total, 224 foram detidos, dos quais 183 eram brasileiros. Com informações do Metrópoles.

continua após publicidade

Segundo a Alfândega e Proteção de Fronteiras dos EUA, o primeiro grupo foi preso no sábado (23), próximo à cidade de Imperial Beach. Nele, estavam reunidas 123 pessoas — o maior do ano até o momento. Eles atravessaram a fronteira em uma região onde o muro que divide os EUA e o México estava danificado.

O segundo grupo, formado por 101 pessoas, foi detido na terça-feira (26), após os imigrantes tentarem atravessar um tubo de drenagem na fronteira internacional, também nas proximidades de Imperial Beach. De acordo com as forças de segurança, os contrabandistas cortaram as barras do tubo de drenagem usando um maçarico.

continua após publicidade

Os brasileiros formam a maior parte dos detidos. Depois, romenos e colombianos foram as nacionalidades mais comuns entre os detidos, com oito pessoas cada.

Entre os 224 imigrantes de 13 países, 167 eram adultos sozinhos, e 57 estavam acompanhados de familiares.

Segundo o CBP (Serviço de Alfândegas e Proteção das Fronteiras dos EUA, na sigla em inglês), entre outubro de 2021 e maio de 2022, mais de 36 mil brasileiros foram impedidos de entrar no país de forma irregular, atravessando a fronteira com o México. No ano anterior, o número total foi de quase 57 mil imigrantes.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News