Cotidiano

Mãe acusada de torturar e matar filha de 6 meses é absolvida

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Mãe acusada de torturar e matar filha de 6 meses é absolvida
fonte: Reprodução/Facebook
Mãe acusada de torturar e matar filha de 6 meses é absolvida

Na última sexta-feira (11), foi realizado um julgamento, onde o Tribunal do Júri de Sobradinho absolveu Elizana Pereira da Costa, acusada de ter matado a filha Esther, de apenas 6 meses. A mulher respondeu ao processo presa e, por conta do resultado da votação do júri, o magistrado revogou a prisão preventiva de Elizana. 

continua após publicidade

De acordo com as informações, Elizana e o companheiro, Anderson Gustavo de Araújo Barbosa, pai da menina, foram acusados de torturar e matar Esther. O processo dos suspeitos foi desmembrado e o pai da vítima passou por julgamento no dia 17 de novembro, onde foi condenado a 18 anos e 8 meses de prisão. 

Em plenário, tanto o promotor de Justiça quanto a defesa de Elizana se manifestaram pela absolvição da ré. Ao responder a série de quesitos elaborada, os jurados reconheceram a existência do crime, porém não foram convencidos de que ela foi a autora. Assim, ficaram prejudicados a votação dos demais quesitos.

continua após publicidade

O casal foi preso preventivamente em 30 de outubro de 2019. Um ano antes, em 29 de outubro de 2018, os dois eram suspeitos de agredir a filha de 6 meses, Esther de Araújo Costa, que faleceu em 2 de novembro do mesmo ano, no Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib). Segundo a denúncia, Anderson deixou de proteger a filha, quando podia agir para evitar o resultado.

Com informações; Metrópoles.