Mais lidas

    Cotidiano

    Cotidiano

    Lira: não enxergo regularização fundiária como regularização da grilagem

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 27.02.2021, 15:48:00 Editado em 27.02.2021, 15:55:30
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O presidente da Câmara dos Deputados, deputado federal Arthur Lira (PP-AL), fez neste sábado, 27, durante evento virtual, uma defesa do processo de regularização fundiária no Brasil. Para ele, isso não seria uma "regularização da grilagem". "Os governos anteriores, todos eles, fizeram programas de regularização fundiária", afirmou. "A Câmara vai discutir a regularização fundiária", acrescentou.

    Neste sentido, Lira afirmou que ficaria "feliz", inclusive, de ver a cantora Anitta debatendo a questão fundiária na Câmara. "Ela que disse que a camada de ozônio é causada pelo pum da vaca...", citou Lira. Em um evento virtual no ano passado, Anitta defendeu a diminuição do consumo de carne e tratou de efeitos da produção bovina sobre o meio ambiente.

    Para Lira, no entanto, a questão ambiental no Brasil tem que ter "tratamento correto". "O Brasil tem diversidades que a gente conhece quando viaja. Quando você vai ao Pantanal, esta queimada terrível deste ano (2020), ela ocorreu na Califórnia, na Europa, e não há a repercussão terrível que teve no Brasil", disse. "Quem mora no Pantanal sabe que tem que ter o controle de fogo."

    O presidente da Câmara participou neste sábado de evento virtual do Grupo Prerrogativas, que reúne profissionais da área do Direito.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Cotidiano

    Deixe seu comentário sobre: "Lira: não enxergo regularização fundiária como regularização da grilagem"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.