Lei não autoriza militares a agir nas autuações - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Cotidiano

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

A redução do quadro afeta a fiscalização, pois esses fiscais não podem ser substituídos por militares em todas as suas funções. Por lei, nenhum militar pode aplicar multas ambientais nem fazer autuações, apreensões ou destruir equipamentos - práticas de competência exclusiva do Ibama e do ICMBio.

O Ministério da Defesa confirmou, em nota, que essas atividades são "de competência exclusiva dos órgãos encarregados", Ibama e ICMBio.

Ou seja, os militares precisam estar acompanhados de pessoal desses órgãos ambientais.

As ações dos militares em campo, segundo a Defesa, compõem "atividades de coordenação, planejamento e inteligência" e "seguem um fluxo permanente nos comandos conjuntos constituídos, bem como nas reuniões em Brasília com dirigentes dos órgãos envolvidos". As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
TNTV
TribunaPlay

Confira o Jornal da Tribuna desta quinta-feira (17/09)

Deixe seu comentário sobre: "Lei não autoriza militares a agir nas autuações"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.